quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

A OBRA DE DEUS E A RESPONSABILIDADE DO HOMEM NA SALVAÇÃO

Leituras:
LC. 16:1-14; 1 CO. 5:11; 6:9, 10; EF. 5:5-7;
LC. 12:15; HB. 13:5; CL. 3:5,-6;  1 TM. 6:8-10;

“Guardai-vos da avareza! A vida de qualquer pessoa não consiste na abundância do que possui”.

Estas palavras ditas por JESUS não se tratam de um “conselho” ou de uma “sugestão”. JESUS está ordenando que Seus discípulos se guardem da avareza. Essa ordem, juntamente com o mandamento registrado em Mateus 6:19 (não junteis tesouros na terra…) são mandamentos que experimentam nosso coração e nossa disposição de obedecer a CRISTO.

Precisamos compreender que a Palavra de DEUS deve ser levada a sério, que a obediência à verdade resultará na salvação “dos obedientes”.

Há mais de dois mil anos atrás, um menino nasceu em Belém da Judéia, colocado em uma manjedoura, recebeu ao nascer o nome de JESUS ( que significa JEOVÁ, O SALVADOR); esse “menino” não era apenas “mais um judeu”, um filho de um carpinteiro chamado José e de uma jovem chamada Maria…

Esse menino teve Seu nascimento profetizado muito antes do dia em que os anjos aparecerem a alguns pastores que guardavam seus rebanhos no campo (LC. 2:6-12, 15, 16, 21). O profeta Isaías já havia profetizado 700 anos antes do Seu nascimento, dizendo quem ELE seria – IS. 7:14; 9:6… “Será chamado Emanuel (DEUS conosco)” – MT. 1:23. Seu Nome será:

  • Maravilhoso,
  • Conselheiro,
  • DEUS FORTE,
  • Pai da Eternidade,
  • Príncipe da Paz.

Essa criança veio à Terra para cumprir uma obra, ELE era o Verbo Encarnado, o CRISTO – LC. 2:11.

Mais tarde, JESUS estabeleceu para Seus discípulos uma característica que os identificaria como verdadeiros discípulos dELE – JO. 13:35; 1 JO. 3:16-18. Mais que isto, JESUS também estabeleceu uma “prova de amor”, uma “condição” que, de fato, mostra quem de fato O ama – JO. 14:23. JESUS afirma que, “se alguém O ama”, “guardará a Sua Palavra”. Porém, isso não é tudo! JESUS diz ainda: “e meu Pai o amará, e viremos a ele e faremos nele morada”.

JESUS afirma que há uma prova explícita de quem O ama, e há uma consequência, uma tremenda recompensa para tal pessoa.

Guardar, obedecer as Palavras de CRISTO, leva-nos a experimentá-lO de uma forma real, faz com que nos tornemos habitação de DEUS.

No entanto, não foi apenas JESUS quem nasceu tendo da parte de DEUS uma missão para cumprir, uma obra para realizar…

Cada um de nós, ao nascer, tem um lugar e uma obra dentro do propósito e plano Divinos.

O CRIADOR tem uma vontade. A Bíblia nos afirma que DEUS QUER que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade1 TM. 2:3,4.

solidaoÉ preciso dar atenção à ordem em que esses dois verbos são colocados nas Escrituras:
1) “se” salvem e
2) “venham” ao conhecimento da verdade
.

É importante percebermos que ambas as ações são colocadas aqui sob a responsabilidade dos homens, é responsabilidade humana e não Divina… Vejamos:

a) os homens “se salvem”
Nessa frase da epístola a Timóteo há questões implícitas que devemos perceber… Os homens nascem perdidos, condenados, por isso precisam da salvação, precisam se salvar de sua geração (natureza) perversa (AT. 2:40): “salvai-vos”; AT. 16:30 – “me salvar”; 1 TM. 6:16 – “te salvarás”; 1 PE. 3:20 – “se salvaram”. Todos os verbos aqui colocam no sujeito a ser salvo a responsabilidade por sua própria salvação. Embora DEUS já tenha provido o Salvador e o meio de salvação, é exigida uma ação, uma atitude por parte do perdido; essa ação o salvará.

b) venham ao conhecimento da verdade
Novamente aqui a Palavra de DEUS coloca sobre o homem a responsabilidade de ação: venham! DEUS quer que o homem venha ai conhecimento, porém não ao conhecimento do bem e do mal (GN. 3:5, 20), e sim ao conhecimento da verdade (JO. 8:32; 14:6; 17:3).
Há uma ação necessária da parte do homem: “VIR”. DEUS não impõe ao homem a Sua vontade, antes, o convida: “VENHA!”. Se o homem vir, conhecerá a Verdade e será salvo, mas, se não vir, permanecerá na mentira e, portanto, condenado. Aceitar o convide de DEUS é o passo inicial do caminhar com DEUS.

Contudo, não basta “vir ao conhecimento da verdade”, é a obediência à verdade que purifica a alma humana1 PE. 1:22.

Em outras palavras, é preciso praticar a justiça e buscar a verdade – JR. 5:1; PV. 12:17, e sabemos que A Palavra de DEUS é a verdadeSL. 119:160; JO. 17:17

Tudo aquilo que contradiz a Palavra de DEUS deve ser rejeitado como mentira, somente a Palavra de DEUS é a expressão pura da verdade! Por isso devemos nos submeter totalmente aos Seus princípios de forma incondicional, submetendo toda e qualquer ação terrena aos princípios da Palavra de DEUS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostaria de saber sua opinião a respeito deste blog.
Por gentileza deixe aqui seus comentários.